Capacetes motociclísticos fazem parte da nossa vida há quase um século, porém seu design não variou muito do modelo atual em que se “veste” (muitas vezes de forma desconfortável) o acessório, que geralmente conta com uma cinta com trava de segurança presa abaixo do queixo.

A empresa australiana Vozz Helmets está prestes a mudar este cenário, utilizando design revolucionário que torna as cintas obsoletas – trazendo mais alguns truques na manga também.

O Sistema Voztec é um conceito que existe desde 2005, mas aparentemente levou vários anos para chegar a fase final de produção. Durante esse tempo, muito desenvolvimento e teste foi realizado antes da Vozz poder garantir patentes e marcas registradas em vários países-chave em todo o mundo – incluindo a Austrália, EUA, Europa, Japão e China. Um acordo com uma (não especificada) fabricante internacional de componentes para capacete – com ISO900 – toma conta da complicada da logística, permitindo ao Vozz RS 1.0 estar oficialmente disponível no mercado.

A característica mais inovadora do RS 1.0 é ponto de acesso da cabeça. O capacete divide verticalmente em duas partes que giram em torno de uma dobradiça na parte superior e para a parte traseira da casca. Esta abertura oferece um amplo espaço para a cabeça a deslizar para dentro do capacete e, em seguida, é necessário somente um pouco de pressão para recolocar as duas partes, por meio de dois mecanismos de travamento. De acordo com a Vozz isto pode ser feito facilmente usando luvas e até óculos.

vozz-motorcycle-helmet-5

Este conceito permitiu o redesenho da parte inferior do capacete, resultando em um suporte para o queixo estendido e arredondado que circunda a cabeça a partir de baixo, eliminando assim a necessidade de uma cinta para o manter no lugar. Uma vez que as duas partes do capacete estão travadas, supõe-se que o encaixe seja perfeito, sem a necessidade de qualquer tipo de limitação e que não pode ser removido acidentalmente.vozz-motorcycle-helmet-1 (1)

Em teoria, existem várias vantagens inerentes a este projeto. Ao eliminar a necessidade de uma abertura suficientemente grande para a cabeça para deslizar adentro, o capacete pode ser desenhado para um ajuste mais próximo à cabeça. A área do queixo está coberta de forma mais eficiente, permitindo que menos ar entre por baixo, resultando em menos elevação aerodinâmica da cabeça em altas velocidades, menos ruído e melhor isolamento de calor no frio.

vozz-motorcycle-helmet-8

Vozz também incluiu um sistema de abertura de segurança em caso de acidente. Ao retirar os dois parafusos que seguram a dobradiça superior no lugar, o pessoal de emergência pode separar a parte frontal do capacete em questão de minutos sem fazer pressão na a cabeça do piloto.

A empresa produz o RS 1.0 em três tamanhos diferentes de casco e também oferece três opções de forração. Além disso, outra característica inovadora é a possibilidade de extensão do espaço do queixo, através de um mecanismo deslizante simples que pode ser encontrado por trás das almofadas bochecha. Essa idéia engenhosa aborda um problema típico de capacetes integrais, onde o mesmo casco rígido deve servir em cabeças com diferentes tamanhos queixo.

O vídeo abaixo fornece uma explicação visual detalhada do capacete inovador da Vozz.

  • vozz-motorcycle-helmet-1 (1)
  • vozz-motorcycle-helmet-2
  • vozz-motorcycle-helmet-4
  • vozz-motorcycle-helmet-8
  • vozz-motorcycle-helmet-3
  • vozz-motorcycle-helmet-6

4

4 comentarios en “O inovador Vozz RS1.0

  1. Waldir Wagner sobrinho Hace 5 anos

    Achei o melhor capacete de todos,sou motociclista a 41 anos;más pena que não tenho grana pra comprar um desses.

  2. Vanderlei Hace 5 anos

    Muito bom mesmo

  3. Marcos Charamba Hace 5 anos

    Já existe esse capacete no Brasil?

    1. nader Hace 5 anos

      Acredito que ainda não, Marcos.
      Tem que ficar de olho no site do fabricante, em breve o capacete será vendido por lá.