Depois de maratonar todas as séries da Netflix e dar aquele trato na “magrela”, certamente você está louco pra colocar ela na estrada e sentir o vento no rosto, não é mesmo? Porém, será que andar de moto é seguro em tempos de pandemia? Como as restrições do coronavírus te afetam? É sobre isso que vamos falar no post de hoje. Para saber mais sobre a transmissão do vírus, protocolos de segurança, riscos e viagens ou passeios de moto, preparamos um conteúdo bem completo. Confira!

Restrições do coronavírus para motociclistas e riscos

Depois de um ano de pandemia, está cada vez mais difícil ficar em casa. Embora o perigo do vírus seja real, o confinamento também traz uma série de impactos negativos. Então, a questão é: como manter a saúde física e mental, sem aumentar a exposição ao vírus ou contribuir para o seu contágio?
Antes de falar sobre os riscos e as restrições que afetam os motociclistas, é essencial entender que a pandemia ainda não acabou e nenhum protocolo de segurança é 100% eficaz. Assim, é essencial agir de forma responsável e conhecer os riscos de cada atividade que envolve o seu dia a dia.

Ok, mas e andar de moto? É perigoso?

A princípio, andar sozinho em sua moto é uma atividade cujo risco é praticamente nulo. Porém, isso muda de cenário quando estamos falando em oferecer caronas, encontrar um grupo de amigos ou mesmo visitar parentes. Em situações assim, o uso de máscara e o distanciamento social devem ser observados.

Mas, e o capacete?

A discussão sobre a higienização da moto e itens como capacete e manopla, por exemplo, surgiu muito por conta dos entregadores de delivery. Como as entregas são feitas de moto e existe uma grande exposição do profissional ao vírus (contato com diferentes pessoas, clientes que não usam máscara, manipulação de dinheiro e objetos potencialmente contaminados). Por isso, medidas como a desinfecção do capacete e de partes da moto são altamente recomendadas.
No caso de um motociclista, a exposição ao vírus é consideravelmente menor. Mas, isso não quer dizer que as medidas de higienização podem ser ignoradas.

Pilotar sem estresse

Como já falamos aqui no blog, pilotar uma moto alivia o estresse e aumenta o foco. Porém, isso em condições normais, não é mesmo? Em um cenário de pandemia, é tudo bem diferente.
Sabemos que a “terapia do vento no rosto” tem uma série de benefícios para a saúde e isso já foi até comprovado cientificamente!
Então pra não deixar de curtir a sua moto e a estrada o ideal é evitar atividades em grupo e contatos desnecessários.
Desde que seja só você e a estrada no maior estilo “Easy Rider”, andar de moto vai ajudar a aliviar a pressão do confinamento e do distanciamento social.

É hora de se proteger e fazer a sua parte para tudo isso passar e logo logo estaremos por aí, mantendo vivo o nosso cumprimento biker.